Por Ana Ceregatti
Nutricionista Clínica
Especialista em Vegetarianismo

domingo, 3 de agosto de 2014

Onívoros, veganos e afins

Se o tema vegetarianismo vier à tona, não raro ouvimos a palavra carnívoro. Frases como "antes de parar de comer carnes, eu era carnívoro" ou "eu sou muito carnívoro e por isso acho que nunca vou conseguir me tornar vegetariano" são comuns.

Pois bem, carnívoro é o tigre, o leão e outros felinos, que só se alimentam de carnes. O ser humano é ONÍVORO, pois aceita todos os grupos alimentares na sua dieta.

Se a pessoa decide para de comer carnes de qualquer mamífero, como vaca, carneiro, coelho, cachorro entre outros, de aves, de caça e de peixe (incluindo frutos do mar), ele se torna VEGETARIANO.

Essa é a modalidade mais comum, onde os ovos e/ou os laticínios são mantidos na alimentação.

Se a modificação alimentar é mais ampla, e também ovos e laticínios forem eliminados, chamaremos essa dieta de VEGETARIANA ESTRITA. Estrita porque é estritamente vegetariana. Não é restrita porque não há restrição de qualquer alimento do reino vegetal.

O VEGANISMO vai além da dieta. É o vegetariano estrito que optou por não comungar de todas as atividades e práticas que envolvam algum tipo de exploração animal. É um estilo de vida.

O VEGANO não usa roupas contendo couro, lã e seda, produtos de higiene e limpeza que tenham sido testados em animais ou que contenham algum componente animal, além de outros itens, como mel, bebidas alcóolicas que usem derivados animais no processo de produção, corantes, como o carmim de cochonilha, e tanto outros. A lista é grande e muitos sites/blogs trazem uma lista desses produtos.

Há muito material na internet feito por gente bem intencionada na produção e disseminação dessas informações. É o caso desse vídeo, produzido por um grupo de estudantes universitários para um trabalho de conclusão de uma disciplina.

Bem didático, feito através de entrevistas com veganos, ele explica as razões pelas quais decidimos eliminar produtos que, de alguma forma, podem machucar um ser senciente.


15 comentários:

  1. Ótima explicação a respeito das preferências e opções alimentares e de estilo de vida, muitos ainda acreditam que vegetarianismo e veganismo são o mesmo. http://www.planodesaudenota10.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Falou tudo Ana, você está fazendo exatamente o que todos nós deveriamos, espalhar o veganismo e vegetarianismo, pois quanto mais informação de qualidade estiver por aí. maior será nossa visibilidade.

    http://www.eraumavezturquesa.com/
    Ebook Gratuito Para Veganos e Vegetarianos

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Tenho muita vontade de virar vergana, mas já tenho anemia por parte genética. Existe algum risco desse novo regime alimentar agravar minha anemia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Grazzy, a dieta vegetariana não leva ao quadro de anemia e nem agrava uma condição existente, desde que a dieta seja planejada, equilibrada, contendo todos os nutrientes, como deveria acontecer com qq dieta. Se vc tem vontade de virar vegana, peça ajuda a um nutricionista!

      Excluir
  5. Tenho muita vontade de virar vergana, mas já tenho anemia por parte genética. Existe algum risco desse novo regime alimentar agravar minha anemia?

    ResponderExcluir
  6. Tenho muita vontade de virar vergana, mas já tenho anemia por parte genética. Existe algum risco desse novo regime alimentar agravar minha anemia?

    ResponderExcluir
  7. Excelentente !

    Se puder visite meu blog vegan

    highcarblowfat.blogspot.com

    Obrigado !

    ResponderExcluir
  8. Excelentente !

    Se puder visite meu blog vegan

    highcarblowfat.blogspot.com

    Obrigado !

    ResponderExcluir
  9. Uma pequena correção. O invidiuo que não come mais carnes - independente de qual for - porém, continua ingerindo ovos e derivados, é considerado apenas ovolacto. Agora, caso ele não consuma mais carnes, ovos e derivados,ele é vegetariano true ou vegetariano estrtito, como é mais conhecido. :)

    ResponderExcluir
  10. Bom dia, só hoje conheci o vídeo. Gostei muito! Muito transparente, fácil de compreender, além de ter abordado muitos aspectos que sempre suscitam dúvidas.
    Estão de parabéns os produtores e participantes.

    ResponderExcluir