Por Ana Ceregatti
Nutricionista Clínica
Especialista em Vegetarianismo

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Jura que aqui tem trans?

A gordura trans é hoje em dia um grande vilão na nossa alimentação. E não é para menos, uma vez que ela pode fazer um estrago danado nos nossos vasos sanguíneos.

Por isso, eu fico muito preocupada quando vejo que a maioria das pessoas acredita no que está escrito na embalagem do produto escolhido: 0% de trans. Ora, se está escrito 0% trans é porque não tem trans, certo?

A resposta é DEPENDE! Depende de quais ingredientes foram usados para fazer aquele produto. Se na lista de ingredientes constar gordura vegetal hidrogenada é porque tem trans. Sem choro nem vela!

4 comentários:

  1. Olá
    sabe que eu ficava me perguntando isso: como é que se faz margarina sem gordura trans, já que a propria margarina "è" gordura vegetal hidrogenada?!
    quer dizer que os rótulos "mentem" quanto à presença de trans? como é a legislação sobre isso?

    ResponderExcluir
  2. Oi Vivian, sabe que nem toda margarina contém gordura vegetal hidrogenada? Pelo menos essas de potinho, pois algumas são feitas usando um processo chamado de interesterificação, que não forma trans. Mas isso não vale quando a margarina aparecer como ingrediente de um determinado alimento industrializado.
    Os fabricantes de produtos alimentícios que usam gordura hidrogenada na sua composição se beneficiam da legislação para declarar o "zero trans" nas embalagens. Isso acontece porque em 1 porção (declarada na tabela nutricional) a quantidade de gordura trans é menor do 0,2g.
    Na prática, o consumidor estará de fato comendo um pouco de trans, mas nem se dá conta, pois leu em algum lugar da embalagem o categórico "zero trans".
    Então, a única solução é ler a lista de ingredientes. Se ela contiver gordura vegetal hidrogenada ou margarina, necessariamente esse alimento terá trans.

    ResponderExcluir
  3. oi ANa muito grata por responder!
    Nosso país é MUITO atrasado no que diz respeito à legislação sobre alimentos ... é uma pena isso, pois a gente não sabe nem o que está comendo! Um desrespeito das indústrias .... a quantidade de sódio, açúcar, corantes, aromatizantes....!! tenho visto nos rótulos essa gordura interesterificada, vou estudar melhor pra endender ;-)
    Beijo e um ótimo dia!

    ResponderExcluir
  4. oi Vivian, de fato, nossa legislação deixa muitos pontos em aberto para vários grupos de alimento. Infelizmente, vivemos em uma cultura do imediatismo. Pouca gente quer ou tem tempo para preparar o próprio alimento. E, nesse sentido, a indústria de alimentos preenche uma lacuna.
    Ainda não sabemos quais as consequências para a saúde do uso de gordura interesterificada, uma vez que seu uso é relativamente recente.
    Na dúvida, melhor evitá-la!
    Então, para substituir a margarina do café da manhã, por exemplo, vale azeite, óleo de coco, tahine, pasta de tofu e várias outras coisas gostosas!
    Muito obrigada pelos seus comentários!

    ResponderExcluir